Skip to main content

Se você se perguntou se seria possível ir para a Expocannabis 2020 ou qualquer tour canábico no UruguaiChileCanadáEstados Unidos ou Europa agora no final do ano, as noticias não são tão boas! É entendível, mas infelizmente, muitos países ainda continuarão com as fronteiras fechadas temporariamente. Uma decisão sensata anunciada pelos Presidentes de cada país que visa preservar e conter o número de mortes pelo covid-19 nos seus respectivos países em detrimento do Brasil ter aumentado o número de caso de forma significativa e não respeitar o distanciamento social necessário.

Mas destinos canábicos conhecido pelos brasileiros ainda estão mantendo algumas restrições e, por ora, só permitem a entrada de viajantes com cidadania ou visto de residência permanente. E, em alguns casos, com alguma autorização do consulado do país do destino. Para entrar na Europa, um dos caminhos utilizados é via Reino Unido. Passageiros brasileiros podem entrar, mas precisam ficar 14 dias de quarentena ao chegar ao país.

É preciso, no entanto, checar as regras de cada país antes de comprar a passagem. O status de abertura de cada país, assim como suas exigências e condições de entrada variam de acordo com a evolução da pandemia. Alguns sites compilam essas informações, e atualizam as mudanças constantemente. Um deles é o COVID-19 Travel Regulations Map, da Iata. Veja as regras de alguns países:

 

Comprar uma passagem para algum destino internacional pela internet não garante que o brasileiro sairá do país caso haja restrições. Há casos relatados até mesmo pelo jornal, El País, que mostram viajantes que compraram achando que entrariam e tiveram que voltar (clique aqui para ler a reportagem completa).

Vale lembrar que estaremos acompanhando para trazer mais informações para você cliente!

América do Sul

Argentina: Passageiros não estão autorizados a entrar no país até o dia 25 de outubro. A regra não é aplicada a argentinos e residentes na Argentina. Voos estão suspensos para o país, exceto os de repatriação e voos médicos.

Chile: Passageiros não estão autorizados a entrar no país até o dia 29 de outubro. A regra não é aplicada a chilenos e residentes no Chile. Eles precisam ficar em quarentena de 14 dias assim que chegam ao país.

Uruguai: Os passageiros não estão autorizados a entrar no país nem mesmo para a Expocannabis. A regra não é aplicada a uruguaios e residentes no Uruguai. Cidadãos da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela que estão em trânsito para seus países de origem estão autorizados.

Paraguai: Os voos vindos de outros países estão suspensos, exceto os humanitários, de repatriação e vindos do Uruguai.

Bolívia: Os passageiros devem ter um exame médico de PCR certificando que não estão com coronavírus, feito no máximo, 7 dias antes da chegada ao país.

Perú: Voos para o Perú estão suspensos, com exceção do vindos de Assunção, Bogotá, Cali, Guayaquil, La Paz, Medellín, Montevidéu, Panamá, Quito, Santa Cruz e Santiago do Chile. Passageiros devem apresentar o teste de PCR negativo para coronavírus.

Equador: Declaração de saúde do viajante deve ser apresentada na chegada ao país. Passageiros que chegam sem o um exame de PCR que demonstra que não está com o coronavírus são testados na chegada e precisam fazer isolamento de 10 dias.

Colômbia: Os voos para a Colômbia recomeçaram. É preciso apresentar um teste de PCR negativo para coronavírus, realizado no máximo 96 horas (4 dias) antes.

Venezuela: Voos para a Venezuela estão suspensos até o dia 12 de novembro de 2020. A regra não se aplica para voos médicos, humanitários e de repatriação.

América do Norte e México

Estados Unidos: Passageiros que estiveram (mesmo apenas de trânsito, na Áustria, Bélgica, Brasil, República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irã, Irlanda, Itália , Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suíça ou Reino Unido, nos últimos 14 dias não são autorizados a entrar no país. A regra não é aplicada apenas para cidadãos dos EUA e residentes permanentes no país.

Canadá: Passageiros não estão autorizados a entrar até o dia 31 de outubro, com exceção de canadenses, residentes permanentes, passageiros dos Estados Unidos viajando a trabalho.

Europa

Espanha: Passageiros não estão autorizados a entrar até o dia 31 de outubro, exceto se são espanhóis ou residentes. Também estão permitidos passageiros vindos da Áustria, Bélgica, Bulgaria, Croácia, Chipre, República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Letônia, Liechtenstein, Luxemburgo, Malta , Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Suíça

África

África do Sul: Passageiros vindos do Brasil não são autorizados a entrar, exceto sul-africanos, residentes, ou com visto de longa duração.

 

Posso comprar um tour ainda assim?

Pode! No nosso site você pode aproveitar os preços de agora dos pacotes e alterar a data do pacote 12x até março de 2022.

Ainda tá com duvidas?
Chama a gente aqui no chat que criamos uma inteligência artificial que responde tudinho – a Maryjane! 😉⚡

Weed Tour

Weed Tour

Somos uma agência de viagens com foco no turismo canábico. Temos tours em países onde já legalizaram a cannabis. Se você é entusiasta ou deseja saber mais de regulamentação, normas de consumo, cannabis medicinal ou empreendedorismo canábico para estrangeiros o WeedTour foi feito para você!

Leave a Reply